Psoriase

Tratamento da Psoríase

A Psoríase é uma doença inflamatória crônica da pele e das articulações, imunomediada, de base genética. Acomete 1% da população. Manifesta-se, na maioria das vezes, por placas avermelhadas e descamativas nos cotovelos, joelhos, couro cabeludo e região sacra. Tem como fatores desencadeantes traumas, luz solar intensa, infecções, alguns remédios, fatores emocionais, tabagismo, álcool e fatores hormonais.

O tratamento da Psoríase depende da gravidade e extensão da doença. Os quadros leves podem ser tratados apenas com medicações tópicas (creme, pomada, gel, shampoo). Nos quadros moderados a graves, a fototerapia com luz ultravioleta, as medicações por via oral ou injetáveis (medicamentos biológicos) estão disponíveis. Os medicamentos biológicos são indicados quando há falha aos tratamentos anteriores ou quando hã contra-indicações ao uso dos medicamentos tradicionais disponíveis.

Estão aprovados para uso no Brasil:

  • Infliximabe (Remicade)
  • Adalimumabe (Humira)
  • Etanercep (Enbrel)
  • Ustequinumabe (Stelara)
  • Secuquinumabe (Cosentyx)

Os medicamentos biológicos são produzidos por engenharia genética, são moléculas de natureza proteica, semelhantes à proteínas animais ou humanas. São medicações de alto custo, fornecidas pela farmácia de alto custo ou custeadas pelos planos de saúde. O médico dermatologista é o responsável por diagnosticar e realizar o tratameto da Psoríase.

Fonte: Consenso brasileiro de Psoriase 2012